3.1 // LGBT

Aplicativo tenta reverter estáticas de morte de LGBTs no Brasil

A ONG Grupo Gay da Bahia informa que, em 2017, uma pessoa LGBT morre a cada 26 horas no Brasil. Pensando nisso, foi lançado o aplicativo TODXS, uma start up privada que permite que o usuário envie a Controladoria Geral da União denúncias de agressão e discriminação a LGBTs.

“A ideia foi de que esta denúncia feita em um aplicativo privado também chegue a administração pública, ao Poder Executivo Federal, através da integração do sistema deles com a ferramenta da CGU, que é o e-Ouv, que é a ferramenta da Ouvidoria. Nele, você tem a possibilidade de verificar leis, responsáveis por serviços; ele é informativo e também coleta denúncias e manifestações de cidadãos que se sentem atingidos”, explica Gilberto Waller, ouvidor geral da união.

Além disso, o app conta com centenas de normas jurídicas para que os LGBTs possam garantir seus direitos.

O download pode ocorrer pelo site https://www.todxs.org/

saiba antes via instagram @revista.maisjr