- MUNDO1.0 // HOMEM

Apoiantes de Trump proibidos de participar em parada gay

por Bianca Marques com F.G

 

Organização do desfile Charlotte Pride recusa pedido da participação de grupo gay Deplorable Pride

Uma das maiores organizações de desfiles de orgulho gay, que se realiza nos Estados Unidos, conhecida como Charlotte Pride, rejeitou o pedido do grupo Deplorable Pride para participar no evento. A recusa chegou três semanas depois do movimento ter pedido para entrar no desfile.

 

Brian Talbert, membro do Deplorable Pride, alega que o pedido não foi aceite uma vez que o grupo apoia assumidamente Donald Trump. “Sou gay e sou republicano e tenho orgulho nisso. Não vejo como seria anti-gay, porque isso seria anti-eu”, afirma Talbert, em resposta às acusações da Charlotte Pride de ser “anti-gay”.

 

Por outro lado, a Charlotte Pride, contactada pelo The Whashington Post, revelou que a organização se reserva ao direito de recusar a participação de grupos que não reflictam a missão e os valores da organização.

No comunicado enviado ao jornal, a organização afirma que esta política consta no regulamento do desfile e sublinharam que no passado os organizadores tomaram “decisões semelhantes”: recusaram “outras organizações que defendem posições políticas ou políticas anti-LGBTQ”.

Contudo, quando questionados sobre se a proposta de Tabert teria violado alguma das regras da organização, a Charlotte Pride optou por não responder.

O membro dos Deplorable Pride já planeia apresentar um processo contra a Charlotte Pride, alegando que o movimento fez descriminação. Talbert criou também uma página GoFundMe para angariar fundos para lutar contra a discriminação das minorias”. Já amealhou 3.500 euros.

saiba antes via instagram @revista.maisjr