3.0 // MANUAL

Aprenda a fazer o drink Rapirucu para comemorar o Dia da Cachaça

Drink foi criado em homenagem ao Curupira, personagem do Folclore brasileiro

Nesta sexta-feira (13), é comemorado o Dia Nacional da Cachaça, o mixologista Roger Bastos, do The Rooftop, ensina a fazer o Rapirucu, um drink especial criado em homenagem ao Curupira. Todos os drinks servidos no bar nesta sexta tem aspirações no folclore nacional e referências às lendas do Saci Pererê, Boto-cor-de-rosa, entre outros.

Segundo a lenda, a figura do Curupira é representada por uma entidade das matas, de cabelos compridos e vermelhos, que confunde os caçadores. Ele protege as árvores e os bichos. Na receita de Bastos, ele usa especiarias, abóbora, purê de coco e mais. Aprenda a fazer a receita em casa:

RAPIRUCU – INGREDIENTES

50 ml – Cachaça Magnífica envelhecida em infusão de canela
10 ml – Cynar (aperitivo de alcachofra)
25 ml – Purê de Coco (sugestão da marca francesa Monin)
1 colher (sopa) de purê de abóbora chinesa

MODO DE PREPARO

Para chegar à cachaça envelhecida, você vai infusionar dois pauzinhos de canela por uma semana e deixá-los mergulhados na bebida (sugestão cachaça tradicional, da Magnífica de Faria). O Cynar e o purê são industrializados, que você acha em supermercado e lojas especializadas em bebidas. Agora, para fazer o purê de abóbora chinesa, você vai levar o fruto ao forno por – mais ou menos – uma hora e quarenta minutos (a 180º). Depois de assada, a abóbora mantém os nutrientes e uma textura macia. Você vai amassar e usar uma colher de sopa para fazer uma receita.

Em uma coqueteleira você vai colocar todos os ingredientes, chacoalhar, coar e servir o líquido coado em uma moranga ou copo de sua preferência. Sirva o drink, acendendo um pau de canela. Além do aroma de especiaria super conhecido, a fumaça que exala significa prosperidade. Esse aroma atrai as boas vibrações do dinheiro, da prosperidade e da abundância para o seu corpo físico, espiritual e para o ambiente. Vois-la!

saiba antes via instagram @revista.maisjr