- MUNDO1.0 // HOMEM

Cantor assumidamente gay simula beijo com Laerte na capa de single

Por: Mauro Freire

 


Cantor e compositor mineiro radicado na cidade do Rio de Janeiro (RJ), Zerzil volta à pista três meses após apresentar Yo fico mucho loko (Zerzil, Dennis Moraes e Anna Sucha, 2016), primeiro single do primeiro álbum do artista. Lançado hoje, 23 de fevereiro de 2017, o single  Beijaço (Zerzil) repõe o bloco assumidamente gay do artista na rua. O nome da música cita o beijaço promovido pela cartunista Laerte em 2013 em ação política que mobilizou parcela da comunidade LGBT. A capa do single, aliás, simula beijo entre Laerte (vista em autorretrato) e Zerzil (em foto de Paulinho Tomaz) sob arco-íris. Musicalmente, Beijaço joga Zerzil na pista com a batida do DJ Nobru Black e com produção de Sérgio Santos, piloto do álbum previsto para ser lançado neste primeiro semestre de 2017. De pegada eletrônica, a música tem toques de pop e rap. “O amor é a cura!”, prega Zerzil no refrão da letra militante. O artista conceitua Beijaço como “um grito de guerra contra a intolerância”.
(Crédito da imagem: capa do single Beijaço, de Zerzil. Design de Elisa Fernandes)

saiba antes via instagram @revista.maisjr