3.1 // LGBT

Rio de Janeiro autoriza captação de recursos via ISS para Parada do Orgulho 2018

Depois dos disse-me-disse se ia ou não acontecer, a Parada do Orgulho LGBT do Rio de Janeiro vai acontecer. E agora, a Secretaria de Cultura do Município do Rio aprovou a captação de recursos via Lei do Imposto Sobre Serviços (ISS) para a edição 2018 do evento.

A decisão foi divulgada no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro. Apesar do projeto ter sido reprovado inicialmente sob a alegação de “por deixar de incluir o programa de mitigação do impacto ambiental”, o Grupo Arco-Íris, realizador do evento, conseguiu autorização para a captação de R$ 895 mil em apoio privado.

Com isso, empresas sediadas no Rio e que patrocinarem o evento poderão abater parte do valor devido em ISS à prefeitura. A captação de mais recursos, pode ajudar na elaboração de uma agenda mais extensa.

Para este ano, o Grupo Arco-Íris planeja organizar uma corrida de 5 km entre a orla do Leblon e a concentração da Parada, na Praia de Copacabana. A intenção é de que a corrida termine por volta das 11h, pouco antes do início da manifestação. A Parada está marcada para o dia 15 de outubro.

saiba antes via instagram @revista.maisjr