3.0 // MANUAL3.3 // BELEZA

Como tratar manchas na pele negra

A pele negra é naturalmente mais firme e mais resistente aos sinais de envelhecimento, no entanto as manchas são muito comuns. Além da diferença de tom, a pele branca e a negra têm estruturas que justificam a necessidade de cuidados diferenciados para cada uma. A primeira diferença diz respeito à quantidade de melanina, que é o pigmento da pele, a negra contém mais dessa proteína do que a branca, o que predispõe ao surgimento de manchas hiperpigmentadas na pele.  a maior pigmentação confere proteção natural contra a radiação solar, além de reduzir os efeitos do fotoenvelhecimento e minimizar o aparecimento de rugas e a flacidez. Mas isso não significa que as pessoas de pele negra não deve usar protetor.

A principal causa de pigmentação na pele negra é a maior quantidade de melanina, mais especificamente a eumelanina, que produz pigmentos acastanhados. Essa proteína tem a capacidade de causar uma hiperpigmentação em qualquer parte do corpo, principalmente no rosto, axilas, joelhos, cotovelos e virilhas, que são as áreas mais expostas às intervenções externas, como atrito de roupas ou ação do clima. Qualquer agressão, irritação ou inflamação que acomete a pele negra pode resultar no aparecimento de áreas escuras. As principais causas que levam ao surgimento das manchas são: marcas de acne; foliculite; pelos encravados; queimaduras; procedimentos cirúrgicos; procedimentos estéticos (peeling, depilação); reação a produtos de cuidado para pele mais abrasivos

Para evitar as marcas é necessário o uso de protetor solar diariamente, e manter o rosto limpo já que a pele negra por si só já é mais oleosa.

Tratamentos – Para tratar manchas em pele negra, a paciente pode usar cremes clareadores. Os produtos com ativo niacinamida são bem-vindos, pois a substância presente neles ajuda na regulação da produção da melanina. Sua ação é a de equilibrar a transferência do pigmento para a parte superior da pele, o que favorece a uniformização do tom da pele do rosto. Também é necessário formular produtos antioxidantes com Vitamina E, Alistin e Arct-Alg.

Outro tratamento que pode ser feito em consultório médico é o peeling químico. Esse tratamento consiste na aplicação do ácido retinóico, também conhecido como vitamina A, com o intuito de promover a descamação progressiva da derme e estimular a produção de diferentes tipos de colágeno. Os resultados do peeling químico incluem: uniformização do tom da pele do rosto; clareamento de manchas; reorganização das fibras elásticas danificadas pela exposição solar; melhora da irrigação e hidratação da derme.

Fonte: Superpriede

saiba antes via instagram @revista.maisjr