3.0 // MANUAL3.1 // LGBT

Costa Rica ordenou a legalização de casamento homoafetivos

A justiça da Costa Rica estabeleceu 18 meses para implementar o casamento homoafetivo por meio da lei.

A resolução foi divulgada pela sala Constitucional da Suprema Corte de Justiça (CSJ) na quarta-feira (08), acolhendo vários recursos de inconstitucionalidade apresentados contra um artigo do Código de Família que proíbe a união civil entre pessoas do mesmo sexo.

Há uma grande facção de evangélicos no Parlamento que se opõem fortemente à mudança, mas o presidente do país, Carlos Alvarado Quesada, saudou a decisão e prometeu pressionar por uma lei para implementá-la.

O presidente Carlos Alvarado comemorou a decisão. “Seguiremos promovendo ações que garantam a não discriminação de nenhuma pessoa por sua orientação sexual ou identidade de gênero, e a proteção do Estado a todas as famílias em condições de igualdade”, escreveu no Twitter.

saiba antes via instagram @revista.maisjr