3.0 // MANUAL

Debate aborda descoberta tardia da homosexualidade

A heteronorma catequiza para um padrão rígido de sexualidade e castiga impiedosamente quem ousa olhar para além dele, o que faz com que algumas pessoas nem se questionem muito em relação à sua sexualidade.

O debate aborda justamente as experiências de pessoas que se perceberam tardiamente de uma sexualidade dissidente e fora da heteronorma, será composto por pessoas que toparam despir a alma e compartilhar sua preciosa intimidade, seus medos, dúvidas, dores e delícias de ver um mundo novo se abrir, repleto de sensações que só quem tem coragem de romper com o padrão está autorizado a sentir.

O papo tem produção e condução da foto-ativista Adeloyá Magnoni, que vivencia em primeira pessoa essa experiência e convidou amigos e amigas para uma conversa descontraída e gostosa sobre coragem, permissão e entrega.

“Principalmente, se houver alguma atração pelo gênero aposto, arredonda-se tudo para a heterossexualidade e pronto, afinal, ela, a heterossexualidade, é compulsória!”, enfatizou Magnoni.

saiba antes via instagram @revista.maisjr