3.0 // MANUAL

Dinamarca vai permitir que gays doem sangue

A Dinamarca está modernizando seu sistema de doação de sangue para “abraçar melhor a igualdade de gênero”, permitindo que homens gays doem sangue.

O Copenhagen Post informou que apesar dos ativistas que lutam há muitos anos, o medo do vírus HIV fez com que os gays fossem impedidos de doar. No entanto, a ministra dinamarquesa da saúde, Ellen Trane Nørby, revelou que a nova lei entrará em vigor em 2019.

De acordo com autoridades locais da área da saúde, a Dinamarca encontrou um modelo mais seguro de doações de sangue, que serão usados no país. “Todos os mecanismos de segurança em nosso sistema de doação de sangue são baseados na confiança e temos alguns testes muito avançados que rastreiam o sangue ”, disse Norby ao site de notícias dinamarquês DR Nyheder.

A nova legislação permitirá as gays doarem sangue se não tiverem relações sexuais com um homem dentro de um período de quatro meses. Mas o período de tempo é anulado se o doador estiver em um relacionamento estável com um parceiro.

saiba antes via instagram @revista.maisjr