- MUNDO3.1 // LGBT

Escola americana oferece programa exclusivo para liderança LGBT

A Escola de Graduação em Negócios de Stanford é a primeira dos Estados Unidos a oferecer um curso de liderança voltado exclusivamente para a comunidade LGBT. Criada em 2016, a ideia da formação partiu da constatação da ausência de integrantes dessa minoria no alto escalão executivo, conhecido como ‘Clevel’ (em referência às posições de CEO, CFO, COO, etc).

O Programa de Liderança Executiva LGBT de Stanford quer ampliar a força e o impacto do líder, mostrando como é possível se posicionar a frente do time de maneira autêntica e confiante.

“O curso ajuda a entender como a identidade LGBT impacta e melhora o estilo de liderança, proporcionando insights inestimáveis tanto pessoal como profissionalmente. Além disso, introduz os participantes ao design thinking por meio de exercícios práticos, com foco no desenvolvimento de inovações para acelerar seu networking LGBT interno e externo”, afirma Sarah Soule, diretora do programa.

Com duração de uma semana, o programa combina avaliações de liderança e insights, com inovação em design thinking. Também oferece a possibilidade do aluno compartilhar suas experiências com outros executivos, e construir uma poderosa rede de contatos que dará mais sustentação a carreira.

O Programa de Liderança Executiva LGBT é aberto para profissionais de todo o mundo, de qualquer setor. A única exigência é que sejam líderes de nível médio a sênior, com no mínimo dez anos de experiência profissional e cinco anos de comando gerencial.

saiba antes via instagram @revista.maisjr