3.0 // MANUAL

EUA pode proibir adoção de casais gays por agências religiosas

Dois projetos de lei do Tennensse (EUA) podem permitir que agências de adoção recusem casais homoafetivos por motivos religiosos. As propostas foram apresentadas na Assembléia Geral do Estado.

O senador republicano Joey Hensley e o representante John Ragan pedem a permissão que as instituições possam negar casais homossexuais. Isso caso entrem em conflito com as “crenças religiosas sinceras” da empresa.

Já o outro texto, apresentado por Tim Rudd, propõe permitir que agências de fomento também rejeitem casais do mesmo sexo. Assim como o anterior, levando em conta suas convicções religiosas.

A introdução das leis acontece após o governo Trump aprovar o pedido do governador republicano da Carolina do Sul, Henry McMaster.  para permitir que  agências de fomento religiosas no estado rejeitassem pessoas LGBT +.

saiba antes via instagram @revista.maisjr