3.0 // MANUAL3.1 // LGBT

Famosos reagem a vitória de Jair Bolsonaro

Famosos LGBTs se mostraram contra a vitória de Jair Bolsonaro, após o anúncio do resultado das urnas, neste domingo (28), quando aconteceu o segundo turno das eleições. O candidato do PSL venceu Fernando Haddad com 55% contra 44% dos votos válidos.

 A drag queen Pabllo Vittar publicou uma foto na qual mostra um arco-íris, símbolo da comunidade LGBT, onde escreveu na legenda: “eu resisto”.

View this post on Instagram

// eu resisto 🌈 via @love.watts

A post shared by Pabllo Vittar ✨🔋💕 (@pabllovittar) on

Daniela Mercury, que foi uma das principais artistas que apoiou o candidato do PT também se pronunciou de maneira sutil ao publicar uma imagem de um desenho de uma rosa sendo segurada por duas pessoas acompanhada pela frase. “Ninguém solta a mão de ninguém”.

A cantora Pepita também se pronunciou publicou a imagem de uma tatuagem com o símbolo de ”resistência” referenciado com uma mão fechada em punho e pintada também com as cores do arco-íris. “Não é só um rabisco na minha pele , Vou levar pra sempre na minha alma, a minha fé , minha resistência , minha luta pelo respeito, minha igualdade,e minha FELICIDADE da forma que eu SOU , do jeito que eu SOU.
Nem que seja a última coisa que eu faça nesse mundo , mas a nossa bandeira VAI SER RESPEITADA. #auniaofazaforca#resistencia Boa noite família , uma semana de muito amor e respeito pra todos nós”, declarou ela.

Uma mistura da bandeira do Brasil com a da comunidade LGBT, com a frase “Proteja os seus amigos” no lugar de “Ordem e Progresso”, foi a forma como Lia Clark reagiu a eleição de Bolsonaro nas redes sociais. “Estamos juntos hoje e sempre, a luta continua”, indagou.

“Nossas mãos estão unidas! Não vamos soltar”, declarou a cantora transgênero Liniker em uma foto do registro de um céu entre nuvens.

View this post on Instagram

Nossas mãos estão unidas! Não vamos soltar! ✊🏾

A post shared by Liniker (@linikeroficial) on

Entre vários outros famosos membros da comunidade LGBT e simpatizantes da causa se manifestaram contra o presidente eleito entre eles Aretuza Lovi, Gloria Groove, Preta Gil, Bruna Marquezine, etc.

saiba antes via instagram @revista.maisjr