3.0 // MANUAL3.2 // HOMOFOBIA

Garota de 12 anos fala sobre ter que sair de sua cidade por ser trans

Meddie a garota trans que foi ameaçada de ter suas partes intímas cortadas por usar o banheiro feminino na escola falou como se sente ao ter que sair da sua cidade.

As pessoas, pais de outros alunos da escola, chamavam Maddie de coisa e outras formas de ódio em um grupo do facebook.

A menina já falou em uma entrevista, publicamente identificada pela primeira vez como Maddison Kleeman Rose.

Sua mãe, Brandy Jay Rose, explicou que Maddie estava vivendo como uma mulher sem problemas até que a escola retirou registros antigos que a identificaram como masculina.

 Ela disse: “Na época em que descobriram que ela é transexual, eles nos ligaram e disseram que ela não teria mais permissão para usar o banheiro da garota, que ela teria que usar um banheiro de equipe.”
Meddie disse na entrevista: “Eu não ligo para isso. Eu acho que é tudo idiota. As ameaças e isso é estúpido. Quem faria isso com uma criança de 12 anos?”

“Todo mundo é diferente. Ninguém é o mesmo. Somos todos diferentes e únicos e especiais do nosso jeito. Alguns desses adultos lá fora conseguem, mas não apoiam, e essa é a escolha deles. Eles podem ser odiosos e rudes, mas não estão me arrastando para baixo.”

O superintendente Rick Beene defendeu as ações da escola.

Ele disse “O que você diz a uma mãe que diz ‘Eu não quero minha filha em um banheiro onde alguém tem … você sabe, é um gênero diferente’?

“Temos um lado que diz que o estudante transgênero é o que eles dizem ser, e isso soa bem. Você tem outro lado, que é a maioria, que diz que eu não quero meu filho em um banheiro com alguém de um gênero diferente. ”

O prefeito da cidade, David Northcutt, que é abertamente gay, insistiu que a comunidade estava mudando e que “o dia de expulsar alguém da cidade acabou”. Ao falar com a família de Maddie deixando a cidade, ele disse: “Fiquei triste quando ouvi isso. ”

Ele acrescentou: “Eu posso entender o desejo e a necessidade de estar perto da família dela, e acho que essa é uma meta que não se originou nas últimas semanas, e foi uma meta por algum tempo. Espero que seja verdade.

Fonte: Pink News

saiba antes via instagram @revista.maisjr