2.6 // POP & MÚSICA

Gilberto Barros diz que não é normal ser gay e critica minorias

Fora da televisão brasileira, o apresentador e jornalista Gilberto Barros se meteu em polêmica durante entrevista para o canal Não Salvo, no YouTube. Segundo ele, a falta de nacionalismo está atrelada a temas como a orientação sexual.

Questionado sobre o posicionamento, Leão, como é conhecido, explicou. Temos que cultivar o verde e o amarelo. A minoria está vencendo a maioria brasileira, o que é uma hetacombe. O poste faz xixi no cachorro. A banana come o macaco”, começou. “A gente está achando que é natural ser veado ou sapato. O respeito a homossexualidade deve ser absoluta. Agora, não venham me dizer que tenho que pensar diferente, pois a liberdade que tenho é de pensamento e expressão”, afirmou.

Ainda, sobre o tema, Gilberto afirmou que embora tenha amigos homossexuais, faz questão de deixar claro que não acha isso ‘normal’. Temos que perder a hipocrisia! A homofobia tem que ser combatida, mas tem que ser prestar atenção no que de fato, é isso. Homofobia não é o que eu estou dizendo aqui. Pelo contrário, estou defendendo os homossexuais aqui. Minhas amigas lésbicas sabem que as defenderei até debaixo d’água! Mas não me obriguem a achar que é normal. Homem é homem. Mulher é mulher”, completou.

Já sem a presença do apresentador, os comandantes do programa disseram que a opinião do entrevistado não batia com a deles. E, obviamente, não demorou para que ele fosse duramente criticado por suas opiniões.

saiba antes via instagram @revista.maisjr