3.1 // LGBT

Homens são presos e condenados no Egito por homossexualidade e prática de relações sexuais “anormais”

O preconceito segue imperando no Oriente Médio. No Egito, por exemplo, 14 homens foram presos e condenados por suspeita de homossexualidade e por praticarem relações consideradas “anormais”. A informação é da agência AFP.

A denúncia foi feita pelo advogado de um dos réus. Eles terão sua liberação apenas se pagarem uma fiança estimada em 5.000 libras egípcias, que equivale a cerca de R$ 890.

Vale lembrar que o Egito infringiu em 2017 os direitos humanos e começou a cercear a orientação sexual de seus habitantes em casos contrários à heterossexualidade.

E por incrível que pareça no país a homossexualidade não é considerada crime. Em compensação, casos absurdos como esse continuam acontecendo.

saiba antes via instagram @revista.maisjr