3.1 // LGBT

Jogador da seleção brasileira de vôlei posta piada homofóbica e é advertido

O meio de rede da seleção brasileira de vôlei e do Sesc-RJ, Maurício Souza, foi repreendido pelo seu clube após uma postagem homofóbica nas redes sociais. O atleta publicou no seu Instagram, na última semana, uma piada homofóbica sobre sexo anal.

“Sou do tempo que fumar era bonito e dar a bunda era feio! Hoje fumar é feio e dar a bunda é bonito! Sorte que sou velho”, dizia a “piada”. Na legenda, Maurício ainda comentou: “Grazadeus”. Ele apagou a postagem horas depois, por conta da repercussão negativa, mas não foi o suficiente.

Publicação foi feita no Stories do jogador e apagada tempos depois

Segundo o UOL, fontes do clube afirmaram que a diretoria pediu mais cuidado nas redes sociais. Campeão olímpico em 2016, Maurício tem histórico de polêmicas na internet. Em 2014, por conta da novela “Em Família”, o jogador postou em seu Facebook chamando gay de “anormais”.

“Essa galera das novelas que querem mostrar e colocar na cabeça dos brasileiros que trair a mulher, ser gay entre outras coisas é normal e que é legar ser essas coisas, afirmou o atleta. “Não sou preconceituoso, longe disso, mas prefiro que meu filho não veja esse tipo de coisa e saiba que ter uma mulher, construir uma família, e ter valores é o certo. Foi o que meu pai me ensinou é assim que tem que ser. Fica esperto e não deixe seus filhos verem essas coisas”.

saiba antes via instagram @revista.maisjr