2.7 // CELEBRIDADES

Mariah Carey processa ex-assistente em R$ 20 milhões por ‘vazar’ informações pessoais

Novo babado da Mariah Carey! Ela move um novo processo judicial contra uma de suas ex-assistentes na Suprema Corte de Manhattan. A batalha na Justiça já dura anos. Desta vez, Mariah alega que Lianna Azarian – a nêmesis da cantora – supostamente foi a responsável pelo vazamento dos dados médicos e financeiros da cantora. As revelações foram publicadas pelo “Daily Mail” no início do mês.

De acordo com o jornal britânico, Carey costumava usar o cartão de crédito da outrora fiel escudeira para pagar por procedimentos estéticos pouco ortodoxos, aí incluídos injeções de US$ 10 mil (R$ 38,3 mil) para dar um “up” no bumbum sempre que necessário, e fazer compras em lojas de roupas caras que em certa ocasião somaram US$ 273 mil (R$ 1,04 milhão) em um intervalo de apenas dois dias. Tudo para evitar ver seu nome rendendo manchetes pelos motivos errados, claro.

Azarian também teria revelado para repórteres do “Mail” que Carey traiu o ex-noivo James Packer com o dançarino Bryan Tanaka, seu atual namorado. No processo judicial, consta que a ex-funcionária até chantageou a cantora antes de fazer as revelações e chegou a lhe oferecer seu silêncio em troca de US$ 8 milhões (R$ 30,6 milhões) depositados em sua conta.

Carey não cedeu à pressão e neste novo processo contra Azarian está pedindo US$ 5 milhões (R$ 19,1 milhões) de indenização, alegando que ela desrespeitou um acordo de confidencialidade assinado em 2015.

saiba antes via instagram @revista.maisjr