3.1 // LGBT

No banheiro do supermercado

Ontem precisei ir ao supermercado fazer uma pequena compra. Antes de entrar para fazer a compra acabei passando no banheiro mas fui com a intenção única de dar uma mijadinha.

Quando estava terminando dei uma olhada geral no banheiro e vi que um dos boxes, bem atrás de mim, estava ocupado. Acabei me virando e olhando para baixo e vi que o carinha que estava lá estava me olhando pelo celular. Apontei o pau na direção dele e comecei a bater uma punheta de leve mas preocupado olhando se entrava gente no banheiro.

O carinha abriu o boxe e se mostrou, estava com o pau duraço e me fez sinal para entrar. Entrei, fechei a porta e ele sentou-se no vaso e já caiu de boca no meu pau. Que boquinha gostosa, gulosa e quente. Ele mamava com vontade e me abraçava a bunda impedindo eu de sair, como se eu quisesse! Ele abaixou a minha calça e cueca e com boca sugando o meu pau começou a passar as mãos na minha bunda, que delicia que estava!

Ele colocava a cabeça do meu pau na boca e ia sugando até chegar quase nas bolas, o moleque entendia do assunto, ele queria quase engolir o meu pau todinho.

Ele se levantou e ficamos um alisando o pau do outro e nos beijamos com muito tesão.

Trocamos de lugar e eu passei a chupar o pau dele mas na verdade eu parecia um principiante perto dele. Eu passava a língua por todo o pau dele e enfiava o máximo que podia na boca. O pau dele era uma delícia. Fiz o mesmo que ele me fez, abracei-o e enfiei um dedo no cuzinho dele. Queríamos gemer de tesão mas não podíamos pois vira-e-mexe entrava gente no banheiro.

Depois de chupar bem gostoso o pau dele ele pediu para eu comer o cu dele, não me fiz de rogado, encapei o pau e com ele apoiado na parede do fundo do boxe fui empurrando para dentro dele que rebolava facilitando a penetração. Comecei a socar lentamente para não fazer barulho, ele estava tarado e empurrava a bunda de encontro ao meu pau querendo tudo dentro dele. Eu socava gostoso e ele acabou gozando sem tocar no pau dele. Vendo isso acabei gozando também.

Mas eu estava no “preju” pois não tinha sentado naquela vara deliciosa. Trocamos de posição, ele encapou o pau, apontou para o meu cuzinho molhado de suor e foi entrando em mim me deixando com vontade de gritar de tesão. Ele socava com vontade e eu queria mais e mais. Aquele pau maravilhoso invadia o meu cu me deixando alucinado de tesão.

Não sei quanto tempo ficamos assim até que ele me agarrou e gozou deliciosamente enchendo a camisinha de porra.

Virei-me e abracei-o dando-lhe um beijo quase apaixonado. Nos recompusemos e sai do banheiro como se nada de diferente tivesse acontecido mas saí feliz da vida pela experiência fantástica que tinha acabado de viver.

saiba antes via instagram @revista.maisjr