3.1 // LGBT

Pesquisa: gays são mais propensos a terem insônia

Um estudo da National Center for Health Statistics, de Atlanta nos Estados Unidos, concluiu que gays são mais propensos a terem insônia.

Segundo a pesquisa, tanto homens quanto mulheres homossexuais têm mais chances de não conseguirem dormir direito. Muito deles inclusive chegam a apelar para medicamentos. O índice é superior em comparação com os heterossexuais.

Foram ouvidas 46 mil homens e 56 mil mulheres norte-americanas.

De acordo com a Fundação Nacional do Sono o tempo necessário para uma boa qualidade de vida entre adultos é entre sete e nove horas de descanso.

saiba antes via instagram @revista.maisjr