3.1 // LGBT

Pesquisa mostra que 73% dos LGBTs brasileiros já testemunham homofobia no trabalho

A empresa de consultoria europeia OutNow revelou em pesquisa que cerca de 73% dos brasileiros LGBTs já testemunharam homofobia no trabalho durante o último ano.

Dos entrevistados, 58% estão no mercado de trabalho empregados em turno integral. Os dados também mostram que 34% recebem salários entre R$ 1.000 e R$ 2.500, enquanto apenas 2% ganham mais de R$ 10.000.

19% não são assumidos para todos no ambiente do emprego contra 36% que assumem a sua condição e 45% assumidos apenas para alguns colegas.

A homofobia foi presenciada ocasionalmente ainda por 58% dos entrevistados. 24% dizem que “veem ou ouvem regularmente atitudes homofóbicas”.

A pesquisa faz parte de um estudo da OutNow chamado de LGBT 2030 com foco no Brasil. Outras questões também foram avaliadas. 56% dos entrevistados, por exemplo, diz ter sofrido agressões verbais na vida pela sua orientação. Além disso, 7% dessas agressões se tornaram físicas.