3.4 // SAÚDE

Portadores de HIV sentem dificuldades para conseguir retirar medicamentos no Rio

Os portadores do vírus HIV, que estão em tratamento com os medicamentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) do Rio de Janeiro, estão em falta nas clínicas das famílias ou nos postos de saúde.

 - REVISTA MAISJR

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) afirmou, em nota, que todos os remédios para o tratamento da Aids são distribuídos pelo Ministério da Saúde, e que o motivo da falta foi por causa de uma irregularidade no abastecimento e também por causa da substituição de certos medicamentos.

Ainda no comunicado a Secretaria assegura que os medicamentos estão sendo substituídos por outros da mesma apresentação, para garantir nenhuma alteração no tratamento dos pacientes, que se tiverem alguma dúvida ou dificuldade na retirada dos remédios, devem dirigir-se a diretoria da unidade de saúde que fazem a retirada ou ao médico para esclarecimentos.

O Ministério da Saúde esclarece que não há falta de medicamentos para o tratamento antirretroviral no país. O estado do Rio de Janeiro administra o tratamento do HIV de pacientes em 91 municípios. As informações são do G1.

 

 

Foto: Reprodução

saiba antes via instagram @revista.maisjr