3.1 // LGBT

Professor australiano é demitido após alunos descobrirem que ele é gay

Um professor australiano foi demitido da escola onde trabalhava após os alunos descobrirem que ele é gay. Uma foto publicada no Facebook foi o motivo da demissão.

O caso está gerando discussões no país. A grande questão é: será que as escolas, principalmente religiosas, têm direito de discriminar as pessoas com base em sua sexualidade?

Craig Campbell trabalhava há três anos no local e foi despedido após confirmar sua orientação sexual. Em nota, a escola disse que ele sempre foi amado e respeitado, porém entende que nesse momento relacionamentos apenas se restringem a homem e mulher.

Para o ativista LGBT Brian Greig, que está sendo pressionado a tomar atitudes sobre a situação, existem brechas na Lei de Igualdades e Oportunidades da Austrália que permitem atos como esse.

A deputada Lisa Baker foi além e pediu uma conversa comunitária mais ampla sobre a questão. Ela acredita que as isenções religiosas precisam ser revistas e as cláusulas estão ultrapassadas, assim como a opinião das pessoas está mudando.

(com informações do IG)

saiba antes via instagram @revista.maisjr