1.0 // HOMEM2.6 // POP & MÚSICA

Rio de Janeiro pode ser o maior destino LGBT da América do Sul com Gay Games

A estimativa é a de que a cidade receba, nos 12 dias do evento, mais de 15 mil atletas, que, juntamente com os turistas, injetariam US$ 40 milhões na economia.

O Rio Convention & Visitors Bureau e a International Gay and Lesbian Travel Association (IGLTA) firmaram parceria para fazer do Rio de Janeiro o principal destino LGBT da América do Sul.

A principal meta é trazer à cidade, em 2026, os Gay Games, aproveitando a infraestrutura dos Jogos Olímpicos. A estimativa é a de que a cidade receba, nos 12 dias do evento, mais de 15 mil atletas, que, juntamente com os turistas, injetariam US$ 40 milhões na economia.

A edição de 2018 levará a Paris, por exemplo, 15 mil atletas.

saiba antes via instagram @revista.maisjr