3.0 // MANUAL

Tailândia tem primeira candidata trans a concorrer ao cargo de primeiro-ministro

Com objetivo de combater a LGBTfobia, a candidata é a primeira pessoa transexual a disputar o cargo de chefe de governo. Uma maneira, para Pauline Ngarmpring, de promover os direitos LGBT na Tailândia.

Aos 56 anos, Pauline Ngarmpring se tornará, em 24 de março, data das eleições legislativas na Tailândia, a primeira pessoa transexual a se candidatar ao cargo de primeiro-ministro na história do país, mesmo com poucas chances de ser eleita.

Em entrevista ao jornal Le Monde, a candidata diz ter entrado na disputa principalmente para defender “o mundo dos transexuais, lésbicas, gays e bissexuais”. “Os ocidentais têm uma falsa ideia do grau de tolerância que existe em relação aos transexuais na Tailândia”, explica. “Na verdade, estamos confinados ao universo do entretenimento e não somos aceitos como cidadãos.”

saiba antes via instagram @revista.maisjr