1.1 // FAMOSOS2.6 // POP & MÚSICA

Taylor Swift é eleita uma das personalidades do ano por revista e fala sobre caso de assédio sexual

A revista TIME elegeu Taylor Swift como uma das personalidades do ano. A cantora estampa a capa da publicação que conta com vítimas de abuso e assédio sexual, incluindo a própria Taylor.

Em 2013 o DJ David Muller assediou Swift no camarim de um show. Durante uma foto ele teria se aproveitado e apalpado a bunda da autora de Look What You Made Me Do. Taylor se sentiu incomodada na hora e reclamou à rádio do DJ, que acabou sendo demitido. Muller entrou então com um processo por difamação e Taylor entrou em seguida com uma ação pelo assédio sexual que sofreu.

Neste ano, o caso foi a Justiça e acabou com a condenação do DJ. Taylor inclusive pedia apenas uma indenização no valor de um dólar, já que o dinheiro não era a questão no momento.

“Quando testemunhei, já havia estado na corte a semana inteira e tive que assistir ao advogado desse homem fazer bullying e incomodar minha equipe, incluindo minha mãe, com detalhes fúteis e minúcias ridículas, acusando a eles e a mim de mentir. Minha mãe estava tão chateada após o contra-interrogatório que estava fisicamente doente demais para ir à corte quando eu testemunhei”, disse a TIME na primeira entrevista da era reputation.

“Eu estava com muita raiva. Naquele momento, decidi abandonar qualquer formalidade do tribunal e apenas responder às perguntas da maneira que aconteceu. Esse homem não considerou qualquer formalidade quando me assediou, e seu advogado não pegou leve com minha mãe. Por que eu deveria ser educada? Me disseram que foi a vez que a palavra ‘bunda’ (ass) foi dita o maior número de vezes na Corte Federal do Colorado”, completou sobre o julgamento.

Taylor ainda aconselhou as vítimas que sofrem ou sofreram assim como ela: “Eu diria às pessoas que se encontram nesta situação que existe uma grande culpa atribuída às vítimas em casos de assédio sexual e estupro. Você pode ser culpado pelo fato de ter acontecido, por ter denunciado e pela maneira que reagiu. Tentam fazer parecer que você está exagerando, porque a sociedade fez as coisas parecerem casuais. Meu conselho é que você não se culpe e não aceite a culpa que tentam colocar em você”.

saiba antes via instagram @revista.maisjr