2.0 // ENTRETENIMENTO

TURISMO: Olá, Israel

Israel é um dos países mais seguro e friendly para o cidadão LGBT. Desde 1992 é ilegal descriminação de orientação sexual e identidade de gênero.

Por: Marcelo Michieletto – MHTour

Para se visitar Israel, pode-se contratar um tour privado com roteiro personalizado, fazer o país de carro, tendo Tel Aviv como base ou juntar-se ao um grupo LGBT com roteiro pré-determinado. Todas opções são seguras e proporcionarão uma viagem inesquecível, aonde o turista pode absorver o significado histórico de cada localidade, mas também conhecer os locais mais modernos, a gastronomia e a vida noturna.

Israel se beneficia de verões longos, quentes e secos (de Abril a Outubro) e, geralmente, de invernos amenos (de Novembro a Março), com tempo seco e frio nas zonas montanhosas como Jerusalém ou Safed. A queda de chuva acontece com frequência no Norte e centro do país e muito raramente na zona do deserto do Neguev. Em outras regiões o tempo muda bastante: invernos amenos junto à costa, bastante agradáveis no Vale do Rio Jordão e típicos de um deserto no Neguev.

Tel Aviv é o centro da comunidade gay israelita e a cidade mais liberal do país. Os turistas gays podem sentir-se à vontade em Israel, não apenas em Tel Aviv. Os hotéis e atrações turísticas são muito “open minded” e “friendly” com os turistas gays e ficam satisfeitos por tê-los como clientes e lhes mostrar como é o país. Muitas cidades estão aprendendo com Tel Aviv a tornarem-se cada vez mais gay friendly. É possível encontrar centros LGBT e ativismo em quase todas as cidades israelitas. As Paradas LGBT acontecem todos os anos também noutras cidades como Jerusalém, Haifa, Eilat e Rishon Letzion. Israel está definitivamente no caminho certo quando se fala em direitos LGBT.

20160222121323

Tel Aviv foi a primeira cidade judia moderna construída em Israel e é o centro econômico e cultural de Israel. É uma cidade viva e ativa, com entretenimento, cultua e arte, festivais e uma vida noturna ativa.

Não tem um gueto gay na cidade, o público LGBT pode ser encontrado em todos os lugares são muito bem recebidos e podem se sentir livres e seguros. O cidadão LGBT é inserido e respeitado em toda a cidade.

A cidade tem mais de 20 museus, sendo os mais importantes o Museu da Terra de Israel (HaAretz) e o Museu de Arte de Tel Aviv. Outros museus de Tel Aviv incluem o Museu da Diáspora, o Museu de História das Forças de Defesa de Israel, o Museu Etzel, O Museu da Haganha, o Museu do Palmach, o Museu Kekhi e o Museu NachumGuttman.

A cidade abriga a Orquestra Filarmônica de Israel e a Companhia de Ópera Israelense, além da maioria das companhias nacionais de dança e teatros.

Tel Aviv tem praias brancas para banho e um calçadão romântico em frente ao mar. Hilton Beach é a praia gay da cidade, mas muitas vezes pode-se encontrar famílias e heterossexuais deitados ao longo da praia.

20160222121441

Tel Aviv também é o centro nacional para a vida noturna e o entretenimento, e é cheia de clubes noturnos com música de todos os tipos, dança, restaurantes, pubs, cafeterias, discotecas, cinemas, auditórios e salas de concerto. Tem balada para todas as tribos e todos os gostos.

A FFF Shirazi é a casa noturna mais famosa de Tel Aviv, a casa tem dois andares com pista de dança, palco para shows e é frequentada por gays, transexuais, héteros, todos com o único objetivo de se divertir. O Evita e o Shpagat Bar são duas ótimas opções para um esquenta antes da balada ou para um drink entre amigos. As outras casas como 3Some, Papa Party e ForeverTelAvivPartytem programação durante a semana inteira.

Tel Aviv é definitivamente o ponto alto de qualquer turista gay que visite Israel, mas este país tem muitíssimo mais para oferecer.

A apenas uma hora de carro de Tel Aviv fica Jerusalém, a cidade mais populosa e capital do país. É uma cidade que transborda de locais de interesse turístico fascinantes e espetaculares. É o exemplo perfeito de como antigas atrações e a cultura contemporânea se mesclam. A romântica Cidade Velha é o lugar perfeito para aprender sobre as três religiões que aqui encontram a sua origem: Judaísmo, Cristianismo e o Islão. Pode-se fazer visitas guiadas que revelam a magia desta cidade e o seu desenvolvimento histórico ao mesmo tempo que permitem atravessar a Via Dolorosa dos Passos da Paixão de Cristo ou o túmulo do Rei David. Um passeio pelo mercado do bairro árabe transforma-se na oportunidade perfeita para comprar jóias, especiarias, bugigangas ao mesmo tempo que uma pessoa absorve a cultura e as cores.

Claro que uma visita a Jerusalém não fica completa sem uma refeição com a autêntica cozinha do Médio Oriente – uma das razões pelas quais a cidade também é conhecida. À noite é possível ver projetado nas paredes milenares da Torre de David a história de Jerusalém. Também o Centro Comercial Mamilla ali ao lado, não é um mero shopping. Pedra a pedra, o espaço foi reconstruído integrando estruturas históricas no meio de boutiques e restaurantes. É apenas mais um exemplo da harmonia entre a antiguidade e o modernismo que se pode encontrar nesta linda cidade.

Outra importante atração é o recentemente renovado Museu de Israel que alberga vastas coleções de arte da arqueologia até à contemporânea. Em suma, Jerusalém trata-se de uma cidade onde se pode encontrar o equilíbrio especial entre religião, secularidade, tradição e modernidade, ruínas do passado e luxuosas boutiques para mimar homens e mulheres e deixar quem por aqui passa memórias para toda a vida.

Outro ponto obrigatório é o Mar Morto. Trata-se do maior SPA do mundo integrado numa paisagem natural e fica localizado no ponto mais baixo do planeta. O Mar Morto tem trazido milhares de visitantes todos os anos. Hoje tornou-se um oásis de luxo no meio da areia colorida do deserto israelita. Aqui é possível encontrar hotéis fantásticos, spas e restaurantes. A lama tem uma altíssima percentagem de minerais e tem sido usada como base para tratamentos à pele e para inúmeros produtos de beleza. Além disto, os cientistas já provaram que, para além da lama fazer com que uma pessoa se sinta fantástica, a atmosfera tem propriedades benéficas para saúde que deixam todo o corpo mais jovem e revigorado. Por outras palavras: é o mais parecido que temos à mítica fonte da eterna juventude. A alta concentração de sal na água faz com que nadar passe a ser “flutuar” nestas águas límpidas e salgadas, e que permitem que uma pessoa absorva a beleza natural da paisagem envolvente.

20160222121325

Também perto (160 km) de Tel Aviv fica a famosa e deslumbrante fortaleza de Massada. Construída pelo Rei Herodes enquanto os Judeus zelotas se recusaram a submeter-se ao domínio romano no ano 70 da Era Cristã. Nenhuma visita fica completa sem uma subida a este local com uma arquitetura soberbamente preservada e que proporciona ver in loco dos vestígios desta uma civilização tão antiga e de onde se pode contemplar de uma localização privilegiada a beleza natural desta área.

Outra experiência inesquecível é assistir uma opera em Massada. Em 2016 o festival será de 15 a 17 de setembro.
Quem decidir ir mais para Sul pode desfrutar de uma zona onde é verão quase todo o ano. É fenomenal passar em uma cidade como Eilat e ter a sorte de apreciar isso. Rodeada por penhascos inesperadamente coloridos e desérticos, esta cidade vocacionada para a praia, desfruta de um ambiente tropical e propício ao retiro para uns dias de férias que todos desejamos. Graças à sua localização junto ao Mar Vermelho, que é conhecido pela sua biodiversidade, os mergulhadores podem encontrar aqui uma imensidão de peixes e outras formas de vida marinha. Para obter uma experiência inesquecível os turistas devem nadar com os golfinhos adoráveis de lá. Velejar, fazer parapente ou jet-ski são também outras atividades para aproveitar no local. Depois de desfrutar bem do mar (e do surf) de Eilat, quem por aqui escolhe passar uns dias de férias pode ter a experiência de ir ao deserto de Neguev. Inesperadamente belo e colorido, este deserto oferece formações rochosas assombrosas, incluindo crateras gigantes e penhascos magníficos. Qualquer pessoa, seja um amante da Natureza ou não, fica boquiaberto por esta fascinante região natural.

Este belo país pode ser pequeno em tamanho, mas é muito grande naquilo que proporciona aos turistas que o visita. Em todas as visitas é possível descobrir novas partes do país e aprender mais sobre a história desta terra mágica.
O governo de Israel e algumas operadoras locais têm visão de aumentar o número de turistas gays que chegam a Israel, não só apenas durante a semana do Orgulho LGBT, mas durante todo o ano. Esperam que a comunidade gay possa se beneficiar de toda a beleza e entusiasmo que é visitar Israel, não apenas Tel Aviv, mas todas as cidades vizinhas. O objetivo é promover a igualdade e mostrar que Israel é um país extremamente gay friendly e seguro. Por último, querem que os países vizinhos também possam receber turistas gays.

201602221213222

A Pride de Tel Aviv é uma semana inesquecível. Turistas gays com corpos bem trabalhados vindos de todas as partes do mundo juntam-se na cidade para vislumbrar uma vida noturna brilhante e vibrante, festas extraordinárias, uma Marcha do Orgulho que só estando presente é que dá para acreditar e, claro, uma infinidade de homens e mulheres israelitas belíssimos e bronzeados.

Na parada de 2015 estiveram reunidas 180.000 pessoas e inclui todo mundo, famílias com crianças, héteros, homos, gays, transexuais, todos celebram juntos esta enorme festa. Em 2016 a parada será de 01 a 04 de junho e além de visitar Tel Aviv durante este período se pode fazer uma extensão para as cidades vizinhas antes ou depois da semana da parada. Há vários grupos gay e de lésbicas que farão um roteiro cultural passando por Tel Aviv, Jaffa, Mar Morto, Jerusalém e Massada, além da possibilidade de fazer este mesmo itinerário privado ou de carro alugado. Também é possível fazer uma extensão a Petra, tudo acompanhado de um guia gay com muita experiência na história, cultura e também nos points da modernidade.

Para conhecer o destino, a agência MHTour possui consultores especializados que podem te ajudar.

saiba antes via instagram @revista.maisjr